Como descobrir minhas competências e habilidades profissionais

Um melhor entendimento de suas competências e habilidades profissionais permite que você tome decisões mais assertivas em sua carreira. No post de hoje vamos explicar como você pode fazer isso.



Imagine que você está preenchendo um formulário para um processo seletivo. Entre as perguntas, duas delas são extremamente clássicas:

  • Quais são os seus pontos fortes?

  • Quais são os seus pontos fracos?

Tudo bem. Ao responder a um questionário como este, você provavelmente vai pensar em algo que faça sentido para tal empresa. Mas e se não precisasse ser assim, você saberia nos dizer com clareza, e certeza, o que você tem de melhor e o que você tem de “não tão bom assim”?


Se a resposta for não, fique tranquilo. Muito provavelmente a maioria das pessoas não sabe também. Ou pelo menos não de uma maneira profunda e realmente verdadeira.

Acontece que ter ciência de suas habilidades profissionais e competências comportamentais pode ser fundamental para sua jornada tanto pessoal quanto profissional. Isso faz parte de um exercício de autoconhecimento (LINK PARA TEXTO), algo que te deixa mais próximo do seu propósito de vida (LINK PARA TEXTO), de decisões mais conscientes e até mesmo de encontrar o seu cargo/emprego dos sonhos.


Quer ver como isso funciona? No post de hoje vamos te explicar as vantagens de encontrar os seus pontos fortes e fracos, e como ter ciência disso de uma maneira rápida e assertiva.





O que são competências comportamentais


Antes de seguir o texto, vamos assegurar que estamos na mesma página. Quando nos referimos às habilidades profissionais e, principalmente, às competências comportamentais, não estamos falando sobre seu domínio de pacote office, nível de inglês intermediário, espanhol básico e portunhol avançado. Nem mesmo suas experiências anteriores, como análise de dados, gerenciamento de projetos, contas a pagar e receber, essas coisas.


Estamos nos referindo às suas habilidades naturais. Aquelas que você não aprendeu em um curso. Mas, sim, ao longo da vida, ou mesmo quando nasceu. Uma competência comportamental é algo que molda sua personalidade.


Trata-se de um conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes que permitem que você tenha facilidade ou afinidade com determinada tarefa ou cenário. Por exemplo: flexibilidade, liderança, comunicação, criatividade, trabalho em equipe, empatia, influência e por aí vai.


É este tipo de autoconhecimento que vai te permitir entender seus verdadeiros pontos fortes e fracos, assim como uma série de outras coisas que vamos explicar no próximo tópico.



Os benefícios de reconhecer suas habilidades profissionais e competências comportamentais


O autoconhecimento normalmente está ligado ao combate à ansiedade e depressão, melhora de relacionamentos, entre outros benefícios para sua saúde e vida pessoal. Saber de seus pontos fortes e fracos também faz parte deste universo, e, de certa forma, pode contribuir para tudo isso. Porém, neste texto, vamos focar na sua carreira.

Aqui explicamos porque você deve investir seu tempo na busca por uma compreensão de suas habilidades e competências. E é tudo uma questão de lógica.



1 - Você entende o que tem de melhor - e pode investir seu tempo nisso


O autogerenciamento é um conceito que consiste justamente em saber os seus pontos fortes e fracos, para que possa investir seu tempo no que tem de melhor.

Gastar horas fazendo aquilo que você não é tão bom assim (e provavelmente não gosta), não só é desgastante, como é contraprodutivo.

A partir do momento que você sabe o que tem de melhor a oferecer, pode concentrar seu tempo e esforço nisso. Isso é bom para você, e até mesmo para o seu gestor (caso você tenha um).



2 - Entender o que o seu momento profissional está te exigindo


A partir do momento que você entende suas forças e fraquezas, consegue avaliar o seu momento profissional com mais clareza.

  • Você passa mais tempo fazendo aquilo em que é bom?

  • Fazendo o que gosta?

  • Ou precisa se esforçar constantemente para conseguir cumprir tarefas que não são tão naturais para o seu perfil?

Ter a resposta certa para estas perguntas pode ser um divisor de águas na sua carreira.



3 - Você pode colocar tudo isso em uma balança e tomar decisões mais assertivas


Não estamos dizendo que você precisa passar 100% do seu tempo fazendo apenas o que gosta, ou o que é bom. Todo cargo ou profissão tem suas barreiras. Mas é importante que, na maior parte do tempo, você esteja fazendo aquilo que tem de melhor a oferecer.


A partir de um exercício de autoconhecimento, e de uma análise do que você faz no dia a dia, é possível tomar decisões muito mais assertivas na sua carreira.


Talvez você esteja fazendo algo que ama e é bom, e suas aflições sejam consequência de algo originado no âmbito pessoal. Talvez o caso seja justamente o contrário: você não gosta do seu trabalho, porque ele te exige algum esforço desnecessário, algo que não é natural para você, apenas para outros.


Não faz mais sentido aliar paixão e aptidões ao que você faz para ganhar dinheiro? Pois então. Saber justamente quais são suas competências comportamentais é o primeiro degrau nesta escada.



Como descobrir suas competências e habilidades profissionais


Existem várias práticas, diferentes exercícios e abordagens, para você conseguir isso. Na verdade, podemos dizer que o autoconhecimento é um trabalho em progresso.

Acontece que, no que tange às competências, existe uma solução super eficaz, que é amplamente utilizada por empresas do mundo inteiro e suas consultorias de RH: são os famosos testes de perfil comportamental.


Este tipo de ferramenta vem permitindo que recrutadores aumentem a assertividade nas contratações de maneira considerável. Pois justamente comparam as competências dos candidatos com o que é exigido pela vaga.


Algumas empresas no Brasil já estão liberando o acesso de ferramentas de análise de perfil para qualquer pessoa que queira aplicá-lo. Se antes somente gestores e recrutadores tinham acesso facilitado à plataforma, agora todo mundo pode fazer na hora que bem entender.



As vantagens de fazer um teste de perfil comportamental


Os softwares de teste de perfil comportamental foram desenvolvidos com o objetivo de mapear o perfil de uma pessoa, com base em diferentes situações e eixos de avaliação.


A partir de um questionário rápido, que leva em média 15 minutos para ser finalizado, a pessoa tem acesso a um relatório completo de si mesma. A assertividade dos dados supera os 90% - o que normalmente gera um sentimento de surpresa nos avaliados, pois não esperavam algo tão profundo (e preciso) sobre si.


Aqui listamos algumas coisas que você aprende com este tipo de teste:

  • Entender o seu processo de tomada de decisão

  • Conhecer suas competências comportamentais em diferentes pontos de vista

  • Avaliar o seu nível de energia no momento atual

  • Compreender sua resiliência

  • Saber se você passa mais, ou menos, tempo em um perfil adaptado (ou seja: fazendo algo que não é natural para você)

  • Entender o seu perfil de gestão

  • Adquirir um entendimento ao mesmo tempo geral e profundo do seu próprio perfil


Como fazer uma avaliação de perfil comportamental


Até pouco tempo atrás, você só tinha acesso a este tipo de ferramenta via processos seletivos, ou em avaliações internas de equipe e quadro de pessoas.


A Groume, empresa do grupo Grou, criou uma plataforma 100% dedicada às pessoas, com o propósito de democratizar e levar as ferramentas mais utilizadas pelas áreas de Recursos Humanos no mundo para pessoas comuns como você. Ou seja, qualquer um pode acessar o site da startup, adquirir o seu teste de avaliação e até mesmo agendar uma devolutiva com um profissional especializado.


Os testes da Groume podem ser respondidos online, a qualquer momento. Como falamos anteriormente, levam em média 15 minutos para serem concluídos.


Quer começar sua jornada de autoconhecimento agora mesmo?

Acesse nosso site e conheça nossos testes e avaliações. Se tiver alguma dúvida, pode entrar em contato conosco via chat ou whatsapp.